Gratidão e orgulho na PUC-Rio
28/10/2019 18:28
Clara Martins

Profissionais recebem diploma pelo tempo de trabalho na Universidade

Vice-Reitor Comunitário, professor Augusto Sampaio, e o eletricista Antonio Carlos Anchieta Romão, da Prefeitura do Campus, recebem diplomas de 50 anos na PUC-Rio. Foto: Amanda Dutra

Em comemoração do Dia do Professor, celebrado no dia 15 de outubro, a confraternização entre professores e funcionários técnico-administrativos da Universidade foi realizada na sexta-feira, 19. Organizado pela Vice-Reitoria Comunitária, com apoio da Associação dos Funcionários da PUC-Rio (AFPUC), o encontro homenageou 169 profissionais que completaram de 20 a 50 anos de casa. A cerimônia foi marcada pelo sentimento de gratidão e orgulho de pessoas da Universidade ao lembrar da trajetória na Instituição.

Na mesa, estavam presentes o Reitor da PUC-Rio, padre Josafá Carlos de Siqueira, S.J., o Vice-Reitor, padre Álvaro Mendonça Pimentel, S.J., acompanhados do Vice-Reitor Comunitário, professor Augusto Sampaio. Durante o encontro, o Reitor conduziu a entrega dos diplomas de honra ao mérito aos mestres e funcionários. O Vice-Reitor Comunitário, que completou 50 anos na Universidade, também foi homenageado e comentou que a sentimento é de agradecimento e perdão.

– Tenho muito a gratificar por ter tido a oportunidade de estar na PUC-Rio e prestigio os meus chefes, que me conduziram ao longo dos anos. Reconheço também ser importante dizer perdão, porque, muitas vezes, a gente não tem um olhar mais abrangente e esquece de um detalhe que poderia ajudar a vida de alguém.

Anualmente, a confraternização recebe um tema diferente, este ano foi Brinque mais, Sorria mais, Viva mais. De acordo com a Coordenadora da Coordenação de Atividades Comunitárias e Culturais (CACC), Suzana de Mattos Kerber, a escolha da temática foi por causa da proximidade com o Dia das Crianças, 12 de outubro, e com o objetivo de produzir um clima leve e de alegria. Para isso, havia jogos de sinuca, hóquei e basquete, além de brinquedos espalhados pelas mesas.

Professores e funcionários participam de brincadeiras na confraternização. Foto: Amanda Dutra

O eletricista Antonio Carlos Anchieta Romão, da Prefeitura do Campus, também foi homenageado por completar 50 anos na Universidade. Ele comentou que a história dele com a PUC-Rio começou muito antes de ser funcionário, porque, quando era criança, morava perto da Universidade, e tinha o costume de colher jaca no campus. Para ele, a convivência harmoniosa com os alunos, professores e funcionários, sobretudo o respeito mútuo entre eles, são os pontos principais de gratidão e orgulho.

Para os professores do Departamento de Comunicação Social Bárbara Assumpção e Sergio Mota, que estão 20 anos na casa, a multiplicidade de alunos é fundamental para o desenvolvimento de pontos de vistas. Segundo Sergio Mota, a possibilidade de ter dentro de uma sala de aula pessoas diversas agrega para a construção de um panorama educacional amplo.

– Tive a oportunidade de ver literalmente a ideia de diversidade, porque pude ter o contato com alunos muito diferentes. E, para mim, que sempre trabalhei com um conteúdo que atinja todos na sala de aula, com o objetivo que se sintam representados, é muito enriquecedor.

Porfessor do Departamento de Comunicação Social Sergio Mota é homenageado pelos 20 anos na casa. Foto: Amanda Dutra

De acordo com Bárbara, a trajetória na Universidade proporcionou crescimento profissional e pessoal, a partir do convívio harmonioso e integrado entre os mestres e funcionários. Ela disse que a relação com os alunos produz uma atualização contínua, com a troca de experiências, ideias e os novos conceitos compartilhados nas salas de aula.

– Todo o dia é um sentimento diferente, porque cada turma carrega novas experiências. Assim, nunca uma aula é igual a outra, apesar de eu falar sobre o mesmo assunto, a forma será distinta da anterior. É gratificante ver isso.

Mais Recentes
Projetos Animados
Professora do Departamento de Artes & Design explica a importância da animação
O lugar das mulheres na ciência
Grupo de alunas da PUC-Rio desenvolve iniciativa para destacar o papel feminino nos campos tecnocientíficos
A essência do embaixador
Encontro debate a importância da obra do Alberto Costa e Silva sobre a África para a composição do Brasil