Destino traçado para o Tinguá
02/05/2012 15:00
Ana Paula Bissoli / Foto: Cynthia Salles

O Vice-Reitor de Desenvolvimento, Sergio Bruni, em visita, ao terreno em Tinguá, falou sobre as possibilidades de expandir atividades de ensino, pesquisa, extensão e experimentação da Universidade para o local.

Terreno doado à PUC, no bairro do Tinguá, em Nova Iguaçu, que
funcionará como campus de treinamento profissionalizante

 

O Vice-Reitor de Desenvolvimento, Sergio Bruni, visitou, no dia 24 de abril, o terreno em Tinguá, doado à PUC-Rio em 2011, para discutir o futuro da região com membros da Secretaria de Educação, Meio Ambiente e Agricultura da prefeitura de Nova Iguaçu. Segundo Bruni, a ideia é usá-la como um campus avançado da PUC. “O objetivo prioritário é expandir atividades de ensino, pesquisa, extensão e experimentação da Universidade para esse local e também entender as demandas locais para trabalhar a questão social da região”, explicou o Vice-Reitor.

 

O terreno foi doado pelo ex-padre jesuíta Cristiano Carmeman. A área era usada há oito anos como pousada e sede da ONG Campo – Centro de Apoio ao Movimento Popular, da qual Cristiano era diretor. No final desse tempo, a doação foi feita à PUC, que passou a administrar a casa.

 

Flávio Moreno, chefe de unidades de conservação da prefeitura de Nova Iguaçu, destaca a importância da parceria para o desenvolvimento local: “Com essa parceria, a PUC busca usar o campus avançado como local de treinamento profissionalizante para contribuir no desenvolvimento da região”, acrescentou.

 

O novo campus conta com uma área verde de 260 mil m², com nascente de rios da região, cuja água é filtrada no próprio local e usada para consumo, vegetação abundante e muitas espécies de animais, além de uma estrutura com alojamentos, salas de aulas, cozinha e banheiros.

 

Dentre os trabalhos já desenvolvidos, a montagem de um atlas do município pela PUC ocupa lugar de destaque. Idealizado como um instrumento de reconhecimento do território pela população, o atlas visa conscientizar os moradores de Tinguá e dos arredores da riqueza ecológica e histórica da região.

 

A filosofia do projeto acompanha o que a professora Vera Lúcia, gestora do Departamento de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, destacou: “Acreditamos que não existe educação sem passar pelo meio ambiente, como também não existe falar do meio ambiente sem a educação.”

 

Edição 254

 

 

Mais Recentes
Assembleia Universitária
Em sessão de final de ano, o Reitor da PUC-Rio, padre Josafá Carlos de Siqueira, S.J, apresentou o balanço da Universidade e das atividades acadêmicas realizadas em 2017
Novas oportunidades na representação estudantil
Os representantes eleitos para os Centros Acadêmicos e para o DCE Raul Amaro tomaram posse nessa terça-feira, 20.
Rotina que concilia treinos e orçamentos
O gerente de orçamento e projetos da PUC-Rio, Antonio Ferreira de Oliveira, se divide entre o ciclismo e a Universidade