Avanços da nanotecnologia
02/05/2012 14:00
Flavia Hasselmann / Foto: Carol Lucchetti

Encontro reúne pesquisadores de universidades brasileiras

Aluno apresenta trabalho na III Reunião Anual do DISSE

 

O Hotel Mirador, em Copacabana, foi sede da III Reunião Anual do DISSE - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Nanodispositivos Semicondutores, realizada nos dias 20 e 21 de abril. No encontro, foram discutidos os avanços da pesquisa no último ano. Os trabalhos apresentaram propostas para o desenvolvimento de pesquisas com aplicação prática dos dispositivos. 

 

Sediado na PUC-Rio, o DISSE promove pesquisas na área de nanodispositivos semicondutores, material básico de todo dispositivo eletrônico (como LED, laser e componentes de computadores). A coordenadora do grupo, professora Patrícia Lustoza, do Laboratório de Semicondutores da Universidade, explicou que a escala reduzida dos dispositivos traz benefícios, como menor gasto de energia e maior desempenho.

 

O capitão Leonardo Bruno, do Exército Brasileiro,  afirmou que o desenvolvimento de tecnologia é importante para as Forças Armadas. “Detectores de infravermelho são fundamentais no teatro de operações, porque dão capacidade de combate no escuro e maior operacionalidade às tropas”, comentou.

 

O DISSE atrai pesquisadores  para Universidade, capta recursos para pesquisa e parcerias com empresas privadas.

 

Segundo o professor Paulo Sérgio Soares Guimarães, da Universidade Federal de Minas Gerais e vice-coordenador do DISSE, a infraestrutura no país é fraca. “Falta manutenção de equipamentos fundamentais à pesquisa. Toda vez que estraga um, ficamos meses ou até anos parados por falta de peça de reposição”, lamentou.

 

Edição 254

Mais Recentes
A busca pela boa convivência dentro das salas de aula
A Prática Exploratória é um estímulo ao entendimento entre alunos e professores
Estudos recentes em computadores
Especialistas em linguística computacional falam sobre os avanços na rede mundial