Debate sobre de Segurança Pública movimenta o Campus
18/05/2012 17:00
André Santos / Foto: Carolina Lucchetti

Freixo e Itagiba foram participaram da discussão

Marcelo Freixo, Orlando Zaccone, Marcelo Itagiba e Carlos Palo

 

Alunos e professores da Universidade encheram os pilotis da Ala Kennedy para acompanhar o debate sobre Segurança Pública, promovido pelo DCE, que contou com a participação do Deputado Estadual Marcelo Freixo, do delegado da Polícia Civil Orlando Zaccone, do ex-secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro Marcelo Itagiba e do presidente da Associação de Moradores da Favela da Babilônia e Chapéu Mangueira, Carlos Palo.

 

– Uma sociedade segura não é a que tem muita polícia na rua. Uma sociedade segura é aquela em que os cidadãos têm acesso aos direitos. O Estado tem que fornecer saúde, educação e segurança à população. Mas no Brasil não é assim. Para solucionar a precariedade do serviço público, temos que pagar por um plano de saúde, por uma escola particular, e não temos saída para a segurança – disse Marcelo Freixo, que fez mais críticas ao governo. – As obras da cidade não são feitas pensando em melhorias para a população. São feitas pensando em negócios. As pessoas não são removidas das favelas porque a casa delas está sob risco de desabamento, e sim pelo interesse do estado na especulação imobiliária.

 

A questão da descriminalização da maconha também debatida. Itagiba comentou que o Brasil inteiro não pensa da mesma forma:

 

– Não são todos os brasileiros que pensam como quem frequenta os pilotis da PUC, a praia de Ipanema ou de Copacabana. Acho que essa questão deveria ser discutida regionalmente, respeitando as diferenças.

 

 

Edição 255 – Plantão

 

Mais Recentes
Sustentabilidade é novo paradigma de desenvolvimento
Em palestra na PUC-Rio, pesquisadores do IBGE e professores do Centro de Ciências Sociais discutem a importância da leitura de indicadores sociais, e as lacunas nos dados
Fevuc: remodelação da aparência
Convidados refletem sobre as mudanças que cada indivíduo passa para se integrar às regras impostas pela sociedade
Pilotis recebem doações para as milhares de vítimas do furacão no Haiti
Reitor conclama Comunidade PUC para aderir à campanha. Feijão, arroz e leite em pó são prioridade. Arca da Solidariedade está nos Pilotis do Kennedy.