Karl Erik Schøllhammer toma posse como professor titular
19/12/2016 10:30
Raul Pimentel e Bell Magalhães

De reconhecida trajetória acadêmica internacional, professor do Departamento de Letras da PUC-Rio é celebrado pelo Reitor como o dinamarquês mais brasileiro e puquiano".

Mais novo professor titular da PUC-Rio, Karl Erik Schøllhammer tomou posse nesta quarta-feira, 7, em cerimônia no Decanato do Centro Técnico-Científico. Chamando a PUC de segunda casa, Karl Erik agradeceu a presença de todos e afirmou ser um prazer e uma honra trabalhar como professor titular no Departamento de Letras, do qual foi diretor por sete anos, na instituição e na cidade em que se radicou em 1987.

– Agradeço de coração a presença de todos. Tenho certeza que sou o primeiro da minha geração a me titular, mas virão muitos ainda. É um privilégio trabalhar dentro desta equipe – disse o professor.

Aula Magistral ministrada por Karl Erik Schøllhammer foto: Fernanda Szuster

A cerimônia contou com a presença do vice-reitor acadêmico, professor José Ricardo Bergmann, professores e pesquisadores da universidade. O Reitor abriu o encontro parabenizando o novo professor titular e destacando seu importante papel na internacionalização do Departamento de Letras, dada a relevância de sua obra no país e no exterior: publicou seis livros, e participa de 32 publicações.

– É o dinamarquês mais brasileiro e puquiano que eu conheço! – brincou o Reitor da PUC-Rio, Padre Josafá Carlos de Siqueira, se referindo a Karl Erik, que respondeu, sorrindo, ser o único na Universidade.

Após a leitura do parecer do Conselho Universitário, feita pelo professor Bergmann, Karl Erik proferiu aula magistral com o tema O Realismo na literatura brasileira contemporânea, fazendo referência a obras de autores como o alemão Erich Auerbach, o francês Michel Foucault e o americano Fredric Jameson. “Escolhi o Realismo porque ele é uma síntese das minhas principais preocupações no meu trabalho acadêmico”, justificou.

Para padre Josafá, a profundidade do trabalho de Schøllhammer demonstra o quanto é importante que professores se aprofundem nos mais diversos temas.

– Este é um dos motivos pelos quais nossa Universidade é destaque no mundo, sendo a melhor Universidade privada do Brasil – observou o Reitor, referindo-se às avaliações de excelência no Guia do Estudante em 2015 e 2016.

Karl Erik Schøllhammer e o Reitor da Universidade foto: Fernanda Szuster

Karl Erick Schøllhammer se graduou em Línguas e Literatura Nórdicas em 1975 e em Línguas e Literatura Espanholas em 1988. Tem Ph.D. em Semiótica e Literatura Latino-Americana e mestrado em Literatura Nórdica pela Universidade de Aarhus, na Dinamarca. Desde 1992 trabalha no Departamento de Letras na PUC-Rio, onde foi efetivado em 1995. Coordenador acadêmico do programa de intercâmbio entre a PUC e a Brown University, nos Estados Unidos, leciona literatura comparativa, literatura brasileira e teoria literária. Pesquisador com bolsa de produtividade do CNPq, é também cientista do Nosso Estado da Faperj (2016-2019) e recentemente assumiu a coordenação de Área de Letras da Faperj (2013).

É autor, co-autor e editor de vários livros, entre eles Linguagens da Violência (2000), Novas Epistemologias (2000), Literatura e Mídia (2002), Literatura e Cultura (2003), Literatura e Imagem (2005), Literatura e Memória (2006), Henrik Ibsen no Brasil (2008), Literatura e Crítica (2009) e Literatura e Realidade(s) (2010), Atrocity Exhibition (2011), Memórias do presente (2012), Criatividade sem limite? (2012) e Cenários contemporâneos da escrita (2013). De autoria integral os títulos mais recentes são Além do visível – O olhar da literatura (2007, 2016), Ficção brasileira contemporânea (2009, 2011) e Cena do Crime (2013).

Mais Recentes
Projeto capacita ensino técnico para o empreendedorismo
Parceria inédita da PUC-Rio com MEC e Sebrae forma 150 professores do Pronatec de todo o país em curso de pós-graduação à distância. Baixo custo e interação foram pontos altos do projeto.
Tecgraf celebra três décadas de pesquisa e inovação em software
O Instituto Tecgraf de Desenvolvimento de Software Técnico-Científico (Tecgraf) da PUC-Rio completa 30 anos de pesquisas e desenvolvimento de softwares voltados para setores como as indústrias petrolífera, de entretenimento digital, medicina, meio ambiente e militar.
Luta por respeito ao ser humano
Lei que permitia recolhimento dos jovens em situação de rua foi revogada há um ano