Nova diretora do Departamento de Artes e Design aposta no diálogo para promover troca de conhecimento
05/07/2017 17:18
Paula Ferro Freitas

Em cerimônia de posse, professora Jackeline Lima Farbiarz destacou os espaços de troca como o ponto de partida de sua gestão.

Estabelecer o diálogo como base do pensamento e proporcionar espaços de troca são prioridades da professora Jackeline Lima Farbiarz, nova diretora do Departamento de Artes & Design. Na cerimônia de posse, que contou com a presença do Reitor da PUC-Rio, padre Josafá Carlos de Siqueira, dos vice-reitores Francisco Ivern, José Ricardo Bergmann, Luiz Carlos Scarvarda, Augusto Sampaio e Sérgio Bruni, e docentes, ela destacou o papel formador dos professores.

Os professores José Ricardo Bergmann, Jackeline Farbiarz, padre Josafá, Cláudio de Magalhães, padre Francisco Ivern e Augusto Sampaio na posse. Foto: Matheus Aguiar

Graduada em Letras pela PUC-Rio, Jackeline atua na academia há 33 anos. Foi aluna, estagiária, professora, pesquisadora, coordenadora e, agora, diretora. No novo cargo, pretende formar uma base de trocas constante entre funcionários, professores e alunos. Com o objetivo de aumentar o aprendizado de todas as partes, Jackeline quer integrar “as diferentes inteligências” do Departamento por meio de encontros semanais: “Não quero construir um departamento pautado exclusivamente na minha visão”, ponderou.

Aproveitando o momento, o decano do Centro de Teologia e Ciências Humanas (CTCH), professor Júlio Diniz, realçou importância da escuta e do cuidado com o próximo: “Estamos em um momento do mundo em que todos falam demais, sem prestar atenção. É preciso escutar o outro e ser solidário, não solitário”.

Doutora em Educação pela USP, Jackeline dividiu com os presentes, em relato emocionado, o protagonismo de seus pais em sua formação. Seu desejo é que o departamento tenha papel similar na vida dos alunos.

– Cada aluno é projeto de alguém e deve ser do departamento também. Nós, professores, precisamos refletir sobre a carência de exemplos dessa geração no cenário nacional – destacou.

O Reitor enfatizou a expansão do Design, classificando como um processo “bonito de ver”.

– A academia incentiva a rotina criativa. O Design se apropria desse ponto, e vem crescendo dentro da PUC.

Inicialmente parte do Departamento de Letras e localizado em uma casa, a área superou o número de 1.200 alunos, conquistou espaço próprio e no ano passado passou pela principal transformação. Durante a gestão do antecessor de Jackeline, o professor Cláudio Freitas de Magalhães, foi inaugurado o Edifício de Artes e Design Engenheiro Paulo Cunha. Localizado ao lado da Vila dos Diretórios, o prédio nasceu alinhado às questões ambientais, com sistema de coleta pluvial e brise-soleil, que aproveita a iluminação natural e diminui gastos com energia elétrica.

Leia também: Projeto arquitetônico com traço sustentável

Para Jackeline, essa ligação entre Design e sustentabilidade deve ser natural:

– É obrigação do designer pensar em tudo como um ciclo fechado, focar no reuso de recursos. É uma questão de responsabilidade social e a ação do designer parte daí.

O professor Cláudio, coordenador do Laboratório de Gestão em Design, agradeceu o apoio da Universidade durante os quatro anos de sua gestão e apontou o momento atual como ideal para incentivar “a aplicação da tecnologia nas humanidades e a humanização da tecnologia” e ampliar o caráter interdisciplinar da área.

Mais Recentes
Sustentabilidade é novo paradigma de desenvolvimento
Em palestra na PUC-Rio, pesquisadores do IBGE e professores do Centro de Ciências Sociais discutem a importância da leitura de indicadores sociais, e as lacunas nos dados
Fevuc: remodelação da aparência
Convidados refletem sobre as mudanças que cada indivíduo passa para se integrar às regras impostas pela sociedade
Pilotis recebem doações para as milhares de vítimas do furacão no Haiti
Reitor conclama Comunidade PUC para aderir à campanha. Feijão, arroz e leite em pó são prioridade. Arca da Solidariedade está nos Pilotis do Kennedy.