Teses do Centro de Teologia e Ciências Humanas são premiadas
25/08/2017 17:48
Gustavo Côrtes

Além de receber certificados, selecionados terão suas pesquisas publicadas pela Editora PUC-Rio. Decano Júlio Diniz destacou que iniciativa, parte de processo de integração de programas de pós-graduação, é uma forma de "retribuir à sociedade o que investiu em nós".

Os professores Monica Herz, Monah Winograd, Julio Cesar Diniz e Paulo Cesar Duque Estrada entregaram os prêmios aos indicados. Foto: Matheus Aguiar

O Centro de Teologia e Ciências Humanas (CTCH) premiou na sexta-feira, 18, uma tese de cada um dos oito programas de pós-graduação. Parte dos trabalhos será publicada pela Editora PUC-Rio em mídia física e outra, em mídia digital. Outras seis teses receberam menções honrosas.

A tese “Ensaiando Métodos para investigar um evento: a passagem do dirigível Graf Zepelin pelo Brasil”, a doutora em design Nádia Miranda Leschko foi a vencedora no Programa de Pós-Graduação em Artes & Design. Orientadora da tese, a professora Vera Damazio disse que o prêmio é importante para estimular as pesquisas acadêmicas sem as quais, para ela, o país não se desenvolveria:

– Às vezes o nosso trabalho parece ser em vão. Na academia não há recompensas tão nítidas como no mercado. Por isso, iniciativas como essa são importantes, para fazer com que pesquisadores percebam a importância do trabalho que desempenham.

O decano do CTCH, Júlio Cesar Diniz, alertou para a redução do investimento público em pesquisas, e ressaltou a integração dos programas de pós-graduação como atrativo para as agências de fomento, que privilegiam trabalhos interdisciplinares. Segundo Diniz, a abertura a diferentes opiniões no Conselho do CTCH ajudou o bom desempenho acadêmico:

– Hoje, no CTCH, teologia e ciências humanas estão totalmente integradas. O diálogo é o caminho, eu não conheço outro.  A Capes e as outras agências de fomento prezam por isso e privilegiam isso ao dar o financiamento. O declínio dos investimentos das agências de fomento nos deixa numa situação de atenção, temor e desconfiança. Esse edital é nosso, é de um coletivo, é uma pauta dialógica e plural, que respeita sempre o dissenso, as diferenças de opinião e as tensões. Isso tudo é necessário na comunidade científica. A lógica do consenso é ruim quando temos que discutir, mas é fundamental quando temos que construir.

Os programas de pós-graduação tiveram autonomia e critérios próprios para escolher os temas de pesquisa e os indicados. O prêmio, que faz parte de um processo de integração dos programas, explicou a coordenadora Setorial do CTCH, Monah Winograd:

– Nossa ideia é facilitar a interlocução entre os programas. O desejo é que eles se conheçam melhor e, a partir daí, dialogar e produzir. A agenda do Decanato sempre foi dar autonomia aos programas e promover interação com as ferramentas da coordenação.

Diniz ressaltou a necessidade de divulgação das pesquisas produzidas na Universidade, como forma de prestar contas à sociedade:

– Esse é um importante ritual acadêmico de reconhecimento. Muitas teses com potencial de publicação ficam anos engavetadas e às vezes nem são publicadas. A maior parte delas é financiada por agências do governo. Essa iniciativa junto à Editora PUC-Rio é uma forma de retribuir à sociedade aquilo que investiu em nós todos.

Teses premiadas:

Título: A importância dos espaços públicos em estratégias de adaptação de áreas urbanas costeiras sujeitas à inundação no contexto da mudança climática

Departamento: Arquitetura

Autor: Erika Brum

Orientador: Maria Fernanda Lemos

Título: Ensaiando métodos para investigar o rastro gráfico de um evento: a passagem do dirigível GrafZeppelin pelo Brasil

Departamento: Art/Design

Autor: Nádia Miranda Leschko

Orientador: Vera Maria Damazio

Título: O exercício da docência no ensino médio: a centralidade do papel do professor no trabalho com o jovem da periferia

Departamento: Educação

Autor: Silvana Araujo

Orientador: Isabel Alice monteiro

Título Da mímesis divina à humana: um breve estudo sobre as noções de pintura e escultura nos diálogos Sofista, Timeu e Leis de Platão

Departamento: Filosofia

Autor: Lethicia Ouro de Almeida

Orientador: Maura Iglesias

Título: Aquisição e processamento de sentenças passivas: uma investigação experimental com infantes, crianças e adultos

Departamento: Letras

Autor: João Claudio de Lima Júnior

Orientador: Letícia Maria Sicuro

Título: Ficções de infância. Clarice Lispector

Departamento: Letras

Autor: Antoneli de farias

Orientador: Rosana Kohl

Título: Redes de trabalho e ação: Colaboração, produção e política no contemporâneo

Departamento: Psicologia

Autor: Carolina Salomão Corrêa

Orientador: Solange Jobim

Título: Servidor da mesa da palavra de Deus: estudo teológico-pastoral sobre o ministério do diácono permanente

Departamento: Teologia

Autor: Juluio César Bendindelli

Orientador: Abimar de Moraes

Menções Honrosas

Título: Negociação com o armário: homossexualidade e estigma em narrativas de história da vida

Departamento: Letras

Autor: Leandro da Silva

Orientador: Liliana Cabral

Título: Integração de informação linguística e gráfica na compreensão multimodal de gráficos estatísticos

Departamento: Letras

Autor: Luane da Costa

Orientador: Erica dos Santos 

Título: Manual do Corpo em treinamento

Departamento: Letras

Autor: Lia Duarte

Orientador: Júlio Cesar Valladão Diniz

Título: Uma descoberta anunciada: lembranças, apagamentos e heranças do mercado de escravos do Valongo no Rio de Janeiro

Departamento: Letras

Autor: Rogério Pacheco Jordão

Orientador: Eneida leal Cunha 

Título: No palco da vida, a morte em cena: as repercussões de terminalidade em UTI para a família e para a equipe médica

Departamento: Psicologia

Autor: Mayla Cosmo Monteiro

Orientador: Andrea Seixas

Título: Artes de fazer com os sons: uma escuta psicanalítica da prática orquestral

Departamento: Psicologia

Autor: Sabira de Alencar

Orientador: Maria Inês Bittencourt

Mais Recentes
Sustentabilidade é novo paradigma de desenvolvimento
Em palestra na PUC-Rio, pesquisadores do IBGE e professores do Centro de Ciências Sociais discutem a importância da leitura de indicadores sociais, e as lacunas nos dados
Fevuc: remodelação da aparência
Convidados refletem sobre as mudanças que cada indivíduo passa para se integrar às regras impostas pela sociedade
Pilotis recebem doações para as milhares de vítimas do furacão no Haiti
Reitor conclama Comunidade PUC para aderir à campanha. Feijão, arroz e leite em pó são prioridade. Arca da Solidariedade está nos Pilotis do Kennedy.