PUC-Rio recebe a quarta Conferência Brasileira de Materiais Compósitos(BCCM4)
24/07/2018 17:41
Pedro Madeira

Encontro reúne estudantes, pesquisadores e indústrias para discutir assuntos relacionados à área

Professor Flávio de Andrade. Foto:Jorge Paulo

Entre os dias 22 e 25 de julho, ocorre a Quarta Conferência Brasileira de Materiais Compósitos (BCCM4) no campus da Universidade. O encontro é feito a cada dois anos e reúne estudantes, pesquisadores e a indústria da área de materiais compósitos para discutir as inovações e pesquisas realizadas na área. Pela primeira vez no Rio de Janeiro, o congresso, que já passou pelas cidades de Natal, São José dos Campos e Gramado, também conta com pessoas de outros países.

O professor Flávio de Andrade Silva, do Departamento de Engenharia Civil da PUC-Rio e um dos organizadores do congresso, disse que o objetivo do encontro é reunir a comunidade acadêmica do Brasil que trabalha e pesquisa com material compósito. Segundo o professor, algumas exigências são feitas para a escolha da cidade e, na conferência anterior, em Gramado, a proposta do professor de sediar o encontro na PUC-Rio foi aceita pelo comitê organizador. De acordo com Andrade, o baixo custo da inscrição foi um fator favorável para a decisão. O valor da entrada para alunos é R$ 350 e, para os professores, R$ 750, um preço razoável na opinião dele.

- Para você ter uma ideia, em eventos internacionais esse preço chega a mil euros, ou seja, R$ 4 mil. Tem sempre uma reunião com o comitê no meio das atividades do encontro para decidir a sede seguinte, e a minha proposta foi boa naquela ocasião. E o que que a gente estuda em uma proposta dessa: A cidade é interessante? O Rio é interessante. No Rio, vai ser aonde? Na PUC? A PUC é uma Universidade de destaque, então legal.

As atividades aconteceram no complexo do IAG e no RDC. Foto: Jorge Paulo 

De acordo com o professor, pelo menos 40 pessoas de mais de 20 países diferentes participam da quarta edição do encontro. Para Andrade, é importante mostrar o campus da PUC-Rio, os laboratórios e as pesquisas que são feitas como forma de marketing da Universidade. Empresas como a Embraer e a MTS estão presentes nas atividades. A conferência vai até quarta-feira, 24.

- Tem atividades o dia inteiro, entre 8h e 17h. O encontro começou no domingo, 22,  com três minicursos. A gente teve um minicurso de microscopia, que foi dado por uma aluna de pós-doutorado da PUC-Rio Karen Soares. Teve um minicurso de ensaios mecânicos, que foi dado pela MTS, uma das patrocinadoras. E um minicurso de um professor da universidade de Delawere. Teve uma plenária e depois um coquetel.

A programação do encontro está disponível no site www.bccm4.com.br.

Mais Recentes
Viver é a melhor opção
André Trigueiro fala sobre a prevenção do suicídio e a valorização da vida, questões abordadas em seu livro, em um dos encontros que celebram o Setembro Amarelo na PUC-Rio
II Encontro CCB
Professores, mestrandos e doutorandos discutem questões sobre Cultura e Consumo
Incentivo ao empreendedorismo
Diretor da Faperj, Maurício Guedes, participa de Aula Inaugural de empreendedorismo na PUC-Rio