Reconhecimento e gratidão
23/10/2018 17:08
Ana Vitoria Barros

Confraternização homenageia professores e funcionários técnico-administrativos pelo tempo de trabalho na Universidade

A celebração foi realizada no Ginário da PUC-Rio. Foto: JP Araujo

Gratidão foi o sentimento que marcou a encontro entre professores e funcionários técnico-administrativos da Universidade na sexta-feira, 19, em comemoração do Dia do Professor, celebrado no dia 15 de outubro. No total, 191 mestres e funcionários que completaram de 20 a 50 anos de casa foram homenageados, dos quais cerca de cem estiveram presentes. A confraternização foi organizada pela Vice-Reitoria Comunitária com apoio da Associação dos Funcionário da PUC-Rio (AFPUC).

Os homenageados receberam um diploma de honra ao mérito entregue pelo Reitor da PUC-Rio, padre Josafá Carlos de Siqueira, S.J., acompanhado do Vice-Reitor, padre Álvaro Mendonça Pimentel, S.J., e do Vice-Reitor Comunitário, professor Augusto Sampaio. Sampaio ressaltou que é importante a instituição demonstrar reconhecimento dos anos de serviço prestado pelos professores e funcionários.

– É o dia em que recebemos da direção da PUC aquele muito obrigado. Eu estou na PUC há 51 anos, dediquei muito tempo da minha vida aqui, assim como outras pessoas. Se eu tenho que subir seis andares para dar minha aula e não tem um ascensorista, eu não subo. Se não tem a pessoa que cuida da limpeza do campus, a PUC fica impraticável. Sem o professor, não tem o ensino da pesquisa. Todos são importantes, e é assim que a direção da PUC vê os seus colaboradores.

O Vice-Reitor Comunitário, professor Augusto Sampaio, falou sobre a importância de reconhecer o trabalho dos professores e funcionários da instituição. Foto: JP Araujo

O Reitor da PUC-Rio destacou que a Universidade é a terceira melhor do país nas áreas de Ciências Sociais e Economia e Negócios por causa do desempenho de toda a comunidade PUC. Padre Josafá ressaltou a gratidão que sente pelo trabalho dos professores e dos funcionários da instituição, que fazem parte de história da PUC-Rio.

– Temos gratidão a esses profissionais que dedicam suas vidas e horas de trabalho em função desse bem maior. A PUC conquistou a liderança brasileira em Internacionalização e Parceira com a Indústria, mas nada aconteceria se não fosse o esforço de cada um dos departamentos e das unidades complementares.

O Vice-Reitor da PUC-Rio, padre Álvaro Mendonça Pimentel, S.J., o Reitor, padre Josafá Carlos de Siqueira, S.J., e o Vice-Reitor Comunitário, professor Augusto Sampaio, cumprimentaram os homenageados. Foto: JP Araujo

O Diretor do Departamento de Administração, professor Paulo Cesar de Mendonça Motta, recebeu o certificado por 45 anos de trabalho na PUC. Para o diretor, o espírito de missão marcou a trajetória de trabalho na Universidade ao longo dos anos.

– A PUC tem um sentido de missão, de ter algo a cumprir, e a nossa missão não se resume a um mero trabalho. Muitas pessoas que conheço aqui têm essa mesma sensação de ter um objetivo maior do que simplesmente cumprir uma tarefa.

Para o gerente geral da Fundação Padre Leonel Franca, Giuseppe Lo Bianco, é importante o reconhecimento que a instituição dá aos funcionários. Em 40 anos de atividade na PUC, ele já trabalhou no RDC, esteve na reitoria e participou da criação da Fundação, que cuida da gestão administrativa de alguns projetos da Universidade. Segundo Lo Bianco, o momento foi de relembrar a passagem pela instituição.  

– Eu sou ex-aluno do Departamento de Ciências Jurídicas e, ao longo de todo esse tempo, fiz grandes amizades. Tenho muito orgulho da PUC lembrar que existem vários funcionários com tanto tempo de casa. É importante para nós esse reconhecimento da instituição.

Entre os homenageados, estiveram presentes os professores do Departamento de Comunicação Social Affonso Fernandes de Araujo, com 25 anos de PUC, Clarisse Fulkman e Patrícia Maurício, ambas com 20 anos. Para Patrícia, que atualmente é Coordenadora Adjunta do Departamento, o acolhimento dos professores, funcionários e alunos esteve presente em toda a trajetória na Universidade e pôde ser percebido no tributo organizado pela instituição.   

– Esse momento é maravilhoso e a PUC fez uma festa lindíssima para homenagear os professores e funcionários. Acho que é uma marca da PUC acolher e valorizar quem trabalha aqui, e é por isso que vemos tanta gente com até 50 anos de serviço prestado à Universidade.

Mais Recentes
Pluralidade de ideias
A diversidades ideológica nas universidades é debatida em encontro
A força infinita da ciência
O curador da coleção de aves do Museu Nacional, Marcos Raposo, palestrou sobre a relação da ciência e da filosofia no Seminário do Centro de Ciências da Conservação e Sustentabilidade do Rio.
Entender a resiliência
Reitor da Igreja do Sagrado Coração de Jesus palestou sobre a virtude da resiliência e como ela pode ser aplicada no dia a dia