Amar e prezar pela vida do próximo
16/09/2021 18:13
Kecila Barcelos

Missa é celebrada para comemorar os 40 anos do NEAM

Reitor da igreja, padre Alexandre Paciolli e Vice-Reitor Geral, padre Anderson Antônio Pedroso, S.J.

O Núcleo de Estudo e Ação sobre o Menor (NEAM) da PUC-Rio festejou os 40 anos com uma missa no dia 13 de setembro, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no campus da Universidade, celebrada pelo Reitor da igreja, padre Alexandre Paciolli, e pelo Vice-Reitor Geral, padre Anderson Antônio Pedroso, S.J.. Durante o ato litúrgico, padre Alexandre ressaltou os desafios e virtudes de confiança, esperança, humildade e vigilância que levaram o NEAM à vitória. Ele comparou as quatro décadas de existência do projeto com o tempo de travessia que o povo de Israel fez para conquistar a bênção da terra prometida.

Padre Anderson comentou que dia 13 é dedicado a São João Crisóstomo, um arcebispo de Constantinopla do século XV conhecido pela luta em prol da justiça social e defesa da simplicidade evangélica. Ele elogiou o serviço comunitário realizado pelo NEAM e afirmou que o verdadeiro Evangelho é aquele que ama e preza pela vida do próximo. Além das palavras dos religiosos, alguns professores, como o Davison Coutinho, também ressaltaram a fé e o amor que impulsionam as ações do projeto.

Entre os presentes, sendo a maioria de alunos do NEAM, a fundadora do Núcleo, Marina Moreira, foi homenageada e aplaudida pelos religiosos e pelas pessoas que estavam na igreja. No pequeno depoimento que fez, ela reafirmou a missão de transformar a vida de crianças e adolescentes a partir da educação e de continuar a existir no amor de Deus e no amor às pessoas. Uma cesta com cartas coloridas de agradecimentos e parabenizações dos jovens permaneceu ao pé do altar durante o culto, e o coral formado pelos adolescentes NEAM cantaram durante a cerimônia.

Davison Coutinho, Marina Moreira e Thereza Penna Firme Fotos: Jorge Paulo Araújo

Emocionada, a professora Thereza Penna Firme, que foi diretora do Departamento de Educação na década de 1980, descreveu como foi o início, quando o Núcleo de Estudos sobre o Menor, fundado por ela, se associou ao trabalho que Marina desenvolvia na Universidade. Estudante de jornalismo, Marina tinha o anseio de desenvolver obras concretas voltadas para a comunidade.

- Eu tive um grande momento de inspiração divina quando pensei em fundar o Núcleo de Estudo sobre o Menor. E um grande colega e professor me disse: “estudo só não, estudo e ação!”. Um dia, Deus me colocou diante da ação chamada Marina, que era aluna. E em nosso encontro, a partir da preocupação em unir o estudo e a ação, surgiu o NEAM, que se desenvolveu de maneira belíssima, amparado pela fé, esperança e amor. Deus me fez viver até os meus 93 anos para assistir a esta festa de 40 anos do NEAM. A minha palavra hoje é gratidão – comentou a professora.

Para o Vice-Reitor Comunitário, professor Augusto Sampaio, que acompanhas atividades do NEAM desde o início, o valor do projeto está em desenvolver um trabalho de base. Segundo ele, ao oferecer ao jovem uma nova perspectiva de vida baseada no ensino, a ação impacta no futuro que aquele adolescente planeja para si. E ele defende a criação de mais iniciativas como esta em diferentes centros acadêmicos, pois, observou, um projeto como este modificaria a sociedade.

- Eu vi o NEAM nascer porque estou na PUC há mais de 50 anos. Acompanho toda a trajetória com muita emoção e orgulho. Ter NEAMs em outras universidades certamente mudaria muito a face do jovem brasileiro,  que é condenado a ter uma vida de sacrifício e de luta por não ter oportunidades. Tratar o jovem como um integrante da sociedade, dando condições para progredir na vida, é um pontapé inicial para ele ter sucesso. O NEAM é um centro de formação.

Após a cerimônia, as pessoas receberam bolos de potes e blocos de anotações de presente, e os alunos também receberam uma squeeze de recordação. A confraternização entre alunos e professores do NEAM se estendeu para um almoço coletivo em um restaurante da Universidade. Durante toda a reunião os protocolos de proteção contra a Covid-19 foram seguidos pelas pessoas.

Mais Recentes
Modelos 3D virtuais para a medicina
Departamento de Artes & Design inaugura laboratório e começa experiências com material biológico
Arquivos como forma de resgate da história
Professor Eduardo Morettin, da USP, ministra Aula Inaugural do Departamento de Comunicação
Passaporte para correspondente internacional
Ex-aluno da PUC-Rio, jornalista Marcelo Courrege revela em palestra os caminhos que percorreu para trabalhar no exterior