Convênio para o bem social
21/10/2021 15:06
Victória Reis

3ª Semana das Comunidades promove visibilidade aos trabalhos sociais

A PUC-Rio e a Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro promoveram a 3ª Semana das Comunidades entre os dias 27 e 30 de setembro. O tema da edição foi Mutirão pela Vida: Por Terra, Teto e Trabalho, e as palestras procuraram dar visibilidade aos trabalhos sociais existentes no Vicariato Episcopal para a Caridade Social.

A cerimônia de abertura teve a presença do Vice-Reitor Geral da PUC-Rio, padre Anderson Pedroso, S.J., o Vice-Reitor Comunitário, professor Augusto Sampaio, e o Diretor do Departamento de Teologia, padre Waldecir Gonzaga, além do Vigário Episcopal para Caridade Social, Monsenhor Manuel Manangão, com mediação da Vice-Reitora para Assuntos Comunitários, Andréa Paiva.

Padre Anderson agradeceu a parceria entre a PUC-Rio e a Arquidiocese do Rio e pela oportunidade de participar da mesa. O Vice-Reitor comentou sobre a sua percepção do Rio de Janeiro por meio de um olhar de jesuíta e pontuou que um dos papéis principais dos missionários é não se apegar a cargos e honras que possam prejudicar a missão principal.

- Quando se fala de missão é um equívoco e, até mesmo arrogância, dizer que o missionário é aquele que leva Deus até algum lugar. Na verdade, não levamos Deus, ele não é um produto, nós encontramos Deus onde somos enviados. De fato, estou encontrando a presença dele em tantas coisas e realidades que vejo e percebo apesar deste momento de pandemia. E uma delas é esse compromisso histórico social com a Arquidiocese e a realidade do Rio de Janeiro.

Para o professor Augusto Sampaio, a 3° Semana das Comunidades é de grande importância para a PUC-Rio e Vice-Reitoria Comunitária, pois o ambiente universitário, segundo ele, tem o poder de dar visibilidade para o trabalho social.

- A oportunidade de participar deste convênio entre a Universidade e a Arquidiocese do Rio é muito interessante, pois dá uma visibilidade em um momento no qual o Brasil precisa de políticas sociais e a formação jovens que tenham uma preocupação social ao lado de sua formação acadêmica.

Segundo o Monsenhor Manangão, a PUC-Rio sempre teve um papel importante nas ações sociais no Rio de Janeiro por meio de alunos, ex-alunos e professores. Ele agradeceu o carinho da Universidade e a disponibilidade do professor Augusto, Reitor e Vice-Reitores, padre Anderson e padre Waldecir.

- Este projeto, que culminou em 2018 com a assinatura do convênio entre a Arquidiocese e a PUC-Rio, na verdade, é algo gestado de forma vagarosa e persistente ao longo dos 20 anos de existência do Vicariato da Caridade Social, mas também, ao longo dos últimos 35 anos da Pastoral do Mundo Trabalho.

Mais Recentes
PUC-Rio faz homenagem a benfeitores
Seis personalidades recebem medalha Padre Leonel Franca
Construção de teias para ensino e aprendizagem
Função dos livros didáticos foi tema do primeiro dia de encontro do III TEIAS
Acesso democrático a bens essenciais
Participantes da 3ª Semana das Comunidades reforçam a necessidade de mais projetos que contemplem pessoas em situação vulnerável