Grandes desafios e muitas perspectivas
15/05/2023 09:14
Sophia Marques

Professor Fernando Luiz Cyrino é o novo diretor do Departamento de Engenharia Industrial.

Professor Fernando Luiz Cyrirno assume a direção do Departamento de Engenharia Industrial da PUC-Rio.

A posse do novo diretor do Departamento de Engenharia Industrial, professor Fernando Luiz Cyrino, foi realizada na manhã do dia 3 de maio, na Sala do Conselho Universitário. O docente ingressou na PUC-Rio em 2010, como mestrando, e em 2014 passou a integrar o departamento. É assume o cargo após o terceiro mandato do professor Luiz Felipe Scavarda, que estava na direção desde 2012.

O Reitor da Universidade, Padre Anderson Antonio Pedroso, S.J, conduziu a cerimônia, na qual estavam presentes o corpo da vice-reitoria universitária, professores e funcionários de diversos departamentos. O novo plano de trabalho tem como objetivos principais o posicionamento estratégico, com a renovação do quadro departamental e a manutenção da excelência nos cursos de graduação, pós-graduação e extensão. Scavarda vai assumir a posição de “embaixador da Universidade na Europa”, destino escolhido para seu ano sabático.

Natural de Juiz de Fora, Cyrino se formou em Engenharia de Produção na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em 2007, e chegou à PUC-Rio para cursar mestrado e doutorado na área de Engenharia Elétrica nos anos de 2010 e 2013. Em um breve discurso, o engenheiro relembrou da primeira vez em que esteve na Sala do Conselho Universitário, há cerca de 12 anos, para celebrar a posse da direção pela então professora Marley Vellasco, atual Vice-Reitora para Assuntos Acadêmicos. Ele declarou que, apesar da ansiedade em estar iniciando uma nova função, se sente muito bem assistido e preparado para servir à Universidade, e expressou gratidão aos integrantes da comunidade acadêmica que o acompanharam durante os anos todos em que está no campus Gávea. 

— Um dos momentos mais felizes da minha vida foi quando eu fui aprovado no quadro de docentes de Ensino e Pesquisa do Departamento de Engenharia Industrial. Depois de quase dez anos no departamento, e oito anos como Coordenador de Pós-Graduação, sei que nos encontramos em um momento importante, com grandes desafios e também muitas perspectivas. Apesar da ansiedade neste novo desafio, eu não me sinto sozinho. Pelo contrário, entendo que há uma história linda, com os nossos predecessores, que nos fez chegar até aqui juntos.

Cyrino se formou na UFJF e ingressou na PUC-Rio em 2010 para cursar mestrado.

O plano diretor do departamento para o biênio de 2023 e 2024 se apoia em três pilares principais: o planejamento estratégico com foco na sustentabilidade; o aprimoramento e a valorização do quadro docente e técnico-administrativo; e a manutenção da excelência acadêmica nas esferas do ensino, pesquisa e extensão universitária, da perspectiva de integração e inovação nestas áreas. Para atingir estes objetivos, Cyrino considera a equidade e inclusão características fundamentais, para honrar o compromisso da PUC-Rio com a sociedade.

Luiz Felipe Scavarda expressou satisfação ao passar o cargo para Cyrino, que descreveu como um representante da nova geração da PUC-Rio. O ex-diretor contou que quando assumiu o primeiro mandato, em 2012, o programa de pós-graduação estava no terceiro ciclo consecutivo de avaliação 4, “bom”, no CAPES. Atualmente, está com nota 7, “excelente”, considerado referência para a área. Segundo Scavarda, isto foi resultado de uma reforma realizada em 2019, que uniu o trabalho de professores e funcionários no objetivo de modernizar o departamento. Ele destacou que a 11 anos atrás, a média de idade dos integrantes do corpo departamental era de 65 anos, e no mandato dele diminuiu para 45.

—  Eu não gostaria de me ater à questão da idade, mas sim do novo perfil do quadro principal de ensino e pesquisa. É um departamento no qual a maioria dos integrantes é Bolsista de Produtividade em Pesquisa, no CNPq, ou eles fazem parte do Programa Jovem Cientista do Nosso Estado. Antes, o departamento tinha apenas um laboratório, hoje são seis, e todos os professores são associados. Alunos participam, tocam projetos, geram conhecimento e contribuem para a sociedade. A missão do diretor do departamento é usá-los para ajudar a instituição. A nossa visão é a PUC-Rio. Somos uma das engrenagens para fazer a Universidade andar, e fico muito feliz de ver o professor Cyrino assumir.

O programa de pós-graduação atualmente tem nota 7 de avaliação no CAPES

O Reitor reforçou a importância dos inícios e fins de ciclos para a evolução, e também da ritualização das transições para a sinergia da comunidade. Ele caracterizou essa passagem como um trabalho feito de forma harmoniosa, orquestrada e humanizada. Agradeceu ao professor Scavarda pela maturidade na condução do departamento e pela disponibilidade. Deu as boas-vindas ao diretor Cyrino, e colocou a administração da Universidade à disposição para o diálogo.

— Aproveito para lembrar do número 16 do Marco Referencial: “ A Universidade interage com a sociedade, como um sistema aberto, atenta aos anseios e necessidades da região e mundo atual”. Não somos feitos para nós mesmos, somos feitos para o mundo. Fazer ciência está profundamente conectado com esse compromisso. Não há autoreferencialidade, mas o olhar para horizontes amplos, para pensarmos como podemos ajudar o mundo a ser melhor, e o Brasil a se tornar um lugar mais próspero. Esta é a missão da PUC-Rio.

Mais Recentes
Caminhos da inovação para políticas públicas em Engenharia e Arquitetura
Projeto multidisciplinar reuniu 65 pesquisadores em três eixos temáticos
PUC-Rio se prepara para grandes travessias a partir de 2024
Na Assembleia, professores, alunos e funcionários se unem em torno de novo futuro para a Universidade