Casa de Inovação da PUC-Rio recebe Cônsul-Geral do Japão no Rio de Janeiro
14/03/2024 15:19
Augusto Werneck

Em palestra, Takashi Manabe apresentou os principais posicionamentos da diplomacia japonesa e criticou os atuais conflitos

Takashi Manabe no encontro "Diplomacia Japonesa". (Foto: Kathleen Chelles)

A Casa de Inovação da PUC-Rio recebeu o Cônsul-Geral do Japão no Rio de Janeiro, Takashi Manabe, para o encontro “Diplomacia Japonesa”, no dia 12 de março. Após as boas-vindas do Reitor, Padre Anderson Antonio Pedroso S.J.. Os principais assuntos abordados por Manabe foram a relação Japão-Brasil, as posições do país sobre os conflitos na Ucrânia e em Gaza, além do compromisso com a agenda socioambiental.

Promovido pela Coordenação Central de Parcerias e Inovação da PUC-Rio, a atividade foi fruto de um trabalho de diálogo da universidade com autoridades consulares. De acordo com o coordenador, professor Gustavo Robichez, a intenção é expandir as relações com consulados e diplomatas de outros países.

— A gente pretende ampliar essa interação. Temos mantido um excelente contato com a China. Inclusive, tem um Instituto Confucius aqui na PUC-Rio. Outra discussão que está em curso é com a representação da Noruega, que é parceira importante para diferentes setores e traz muitas oportunidades para os nossos alunos e pesquisadores — revelou o professor.

Gustavo Robichez agradece a presença do cônsul Takashi Manabe. (Foto: Kathleen Chelles)

A Comunidade Nikkei do Brasil é a maior do mundo, com 2 milhões de descendentes de japoneses. Esse fator aumentou a cooperação diplomática, comercial, tecnológica e ambiental entre os dois países. Segundo, Takashi Manabe, o Brasil tem muito a contribuir com o Japão na busca por energias renováveis.

— A província de Yamanashi e o estado de Minas Gerais assinaram uma cooperação na área de energia verde, sobretudo hidrogênio verde. As empresas japonesas também têm interesse, mas neste momento estão observando a situação, porque para produzir hidrogênio verde precisa de demanda para abaixar o custo — explicou o cônsul japonês.

A Casa de Inovação é o mais novo prédio da PUC-Rio, ao lado do Edifício Kennedy,  e é administrado pela Coordenação Central de Parcerias e Inovação. A ideia do local é ser um centro de colaboração entre empresas, governos, instituições e sociedade com a universidade.

Mais Recentes
Os vários papéis da polícia no Mundo Atlântico
Encontros da História da PUC-Rio reuniram palestrantes da Itália, México e Brasil
Alunos terão desconto em moradia universitária
PUC-Rio fechou parceria com Uliving, maior rede deste tipo de serviço no país
Luz, câmera, renovação
Estúdios de gravação de televisão e rádio reabrem após reforma