Maria Helena Novaes Mira (1926 - 2012)
11/10/2012 17:10
Helena Soares / Foto: Marisol França

Obituário

 

 

Pioneira na área de psicologia escolar, Maria Helena Novaes Mira exerceu o magistério e foi pesquisadora desde 1960 na PUC, onde introduziu a cadeira de Psicologia Escolar e Problemas de Aprendizagem. A importância dela para a PUC foi consagrada com o título de professora emérita e o cargo de Coordenadora de Pós-Graduação do Departamento de Psicologia que ela exerceu.

 

Elizabeth Ribeiro, professora do Departamento de Psicologia, era Diretora na época em que Maria Helena foi Coordenadora de Pós-Graduação e recorda a amiga com carinho. “Ela foi minha professora quando estava me formando. Em 1985, assumi o cargo de diretora, era inexperiente e muito do que aprendi foi com ela, que sempre estava disponível para ajudar o outro. Não só ajudar, mas impulsionar o próximo”, assinala. Elizabeth destaca o fato de Maria Helena não ter se afastado da PUC, apesar da idade. Ela vinha exercendo um trabalho com idosos, ou com a nova idade, como intitulava os projetos voltados para essa faixa etária.

 

A professora Maria Helena é lembrada com admiração e saudade pelas pessoas que trabalharam com ela. Vera Lúcia Lima, assessora de direção do Departamento de Psicologia, destacou a importância de Maria Helena: “Ela foi uma pessoa que marcou no departamento. Agradeço a ela por ter enriquecido meu trabalho aqui”. A professora Marina Lemette, diretora e fundadora do Neam, destacou que Maria Helena sempre interligou diversos campos do saber e foi uma parceira das grandes causas. “Ela não tinha preconceitos. Sempre buscava uma relação de construção e tinha uma vontade intensa de viver e produzir”, conta. Essa produção foi registrada em artigos, livros, folhetos, anais de congressos, vídeos e aulas, sempre integrando a teoria com a prática. Seu livro Psicologia Escolar serviu de base para vários cursos universitários.

 

Maria Helena iniciou sua formação no começo dos anos 1950, tendo estudado na Universidade de Genebra e na Universidade de Paris V, além de ter realizado diversas especializações e estágios no Brasil, Europa, Estados Unidos e Canadá, visando sempre ao aperfeiçoamento e à atualização profissional. Obteve várias bolsas de estudo no exterior de instituições como Unesco, CNPq, Conselho Britânico e Fundação Ford.

A professora participou da comissão que regulamentou a Lei da Profissão do Psicólogo, da criação da Associação Beneficente de Reabilitação (ABBR) e do Serviço de Orientação Psicopedagógica na Escola de Guatemala, escola experimental do Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos (Inep). Contribuiu também na criação do Centro de Testes Psicológicos e Educacionais e da Associação Brasileira para Superdotados (ABSD), da qual foi presidente durante dois períodos. Em novembro de 2000, a professora recebeu a “Ordem Nacional do Mérito Educativo”. Maria Helena faleceu de infarto no dia 17 de setembro.

 

Edição 261

 

Mais Recentes
Integração dos saberes marca primeiro dia de Seminário
Ao longo da semana, Universidades Jesuítas de 14 países da América Latina celebram os cinco anos da Laudato Si’
Janelas de excelência
PUC-Rio e sete universidades católicas criam parceria para ensino, pesquisa e internacionalização
Desafios da ajuda humanitária
Agentes da ACNUR relatam o trabalho com refugiados em Roraima