Embalado por práticas ecológicas, Arraiá da PUC-Rio vai poupar 14 mil copos descartáveis
22/06/2017 17:20
Helena Carmona

Blocos, DJs e quadrilhas somam-se ao compasso sustentável da folia junina, no próximo sábado.

Quando a fusão de sons abrir o Arraiá da PUC, no próximo sábado (24), às duas da tarde, a área vermelha do estacionamento será animada não só pela riqueza musical, das tradicionais quadrilhas a blocos de rua como Agytoé e Carimbloco. A festa ganhará o embalo também das práticas sustentáveis. A mais incisiva, parceria entre o DCE e a Capim SeloVerde, prevê a economia de 14 mil copos descartáveis. Em vez de usá-los, como é comum nesses casos, os participantes da folia junina poderão recorrer a copos reaproveitáveis (R$ 5, a unidade).

Menina dançando quadrilha no Arraiá de 2016. Foto: What The Fox.

À fartura musical, composta também por DJs, soma-se um cardápio de 30 barracas com brincadeiras e comidas típicas. Como em anos anteriores, a festa vai conjugar ritmos e danças nordestinos, inclusive nas quadrilhas, com blocos de rua (Agytoé, Carimbloco e Terreirada Cearense, que se apresenta com Geraldo Junior). O repertório será comandado pelos DJs Ingrid Nepomuceno, Edu Rio e DJamal. 

Os ingressos para o arraiá da PUC, disponíveis até a próxima sexta-feira (23), podem ser comprados pela internet ou na ouvidoria do DCE (casa II na Vila dos Diretórios), nos pilotis do Edifício da Amizade na PUC-Rio. Também são vendidos por comissários em diversos bairros da cidade, listados na descrição do evento no facebook.

Os preços variam entre R$ 5, para funcionários e alunos bolsistas (integrais); R$ 15, para alunos; e R$ 20, para convidados. Para as primeiras categorias, é necessário apresentar declaração de bolsa, carteira de funcionário ou estudantil na compra e na chagada à festa. Crianças menores de 12 anos não pagam.

Foto: What The Fox

Segundo o Departamento de Segurança e Parqueamento, o estacionamento rotativo funcionará normalmente até as 18h. Depois deste horário, estará totalmente dedicado aos participantes da festa até as 23h30 (tarifa a R$ 10). Há limite de 400 vagas. Recomenda-se a opção preferencial pelo transporte público.

Eco copo, a novidade verde

No Brasil, mais de 100 milhões de copos descartáveis são jogados fora todos os dias. Pela estimativa do DCE, o volume chegaria a aproximadamente 14 mil no Arraiá da PUC-Rio. Para evitá-lo, os organizadores sugrerem a adoção do eco copo, reutilizável, disponível por R$ 5 no estande da Capim SeloVerde. O dinheiro pode ser resgatado se o copo for devolvido, no fim da festa.

Mais Recentes
Sustentabilidade é novo paradigma de desenvolvimento
Em palestra na PUC-Rio, pesquisadores do IBGE e professores do Centro de Ciências Sociais discutem a importância da leitura de indicadores sociais, e as lacunas nos dados
Fevuc: remodelação da aparência
Convidados refletem sobre as mudanças que cada indivíduo passa para se integrar às regras impostas pela sociedade
Pilotis recebem doações para as milhares de vítimas do furacão no Haiti
Reitor conclama Comunidade PUC para aderir à campanha. Feijão, arroz e leite em pó são prioridade. Arca da Solidariedade está nos Pilotis do Kennedy.