O novo Realismo
12/12/2017 10:04
Helena Carmona

Na passagem pela PUC, o professor Markus Gabriel proferiu palestra sobre o tema Fantasmagorias

O filsofo Markus Gabriel Foto: Isabella Lacerda

Um dos principais nomes do Novo Realismo, o filsofo alemo Markus Gabriel proferiu palestra no dia 1º de dezembro no miniauditrio do RDC. Ao lado do Coordenador Central de Ps-Graduao e Pesquisa, professor Paulo Cesar Duque Estrada, do Departamento de Filosofia, Gabriel abordou o tema Fantasmagorias. Na ocasio, os professores se propuseram a falar de diferenas, sobretudo entre o Novo Realismo, corrente vanguardista da filosofia alem, e a Desconstruo de Jacques Derrida.

De acordo com o filsofo, as duas correntes filosficas tm origem na teoria matemtica dos conjuntos. No entanto, enquanto a linha do filsofo argelino Derrida tem como mxima “No existem fatos, apenas interpretaes”, o Novo Realismo defende que existem elementos que no dependem da interpretao humana. Segundo ele, na perspectiva neorrealista, aquilo que no for propriedade do discurso no est necessariamente submetido capacidade de interpretao ou manipulao humana. As rvores, pontuou Gabriel, no precisam da subjetividade da mente para existirem, por exemplo.

Markus Gabriel um dos mais renomados filsofos do novo realismo e professor da Universidade de Bonn, na Alemanha, ele escreveu best-sellers como O Sentido de Existir (Civilizao Brasileira, 2016) e Porque o Mundo No Existe (Vozes, 2016). De acordo com ele, no pode haver um lugar que englobe tudo o que existe.

- Eu sei que existe o Brasil, existe uma rvore, existe Porto Alegre, mas no existe um lugar que comporte tudo o que existe. Enquanto eu estou aqui, algum est no Japo pensando algo que eu no posso saber. Ento, como se ele estivesse em outro mundo. Existem vrios mundos simultaneamente e no pode existir um s - explicou o filsofo.

Mais Recentes
Comunicao na moda
Consultoras discutem a relao entre marca, moda e consumidores
Histrias de amizade e conhecimento
Seminrio resgata o trabalho de Ricardo Benzaquen, professor do Departamento de Histria que morreu no incio do ano passado
Um Cinema marcado pelo compromisso social
Ex-Alunos do curso de Cinema Rafael Simes e irmos Carvalho j figuram entre os nomes da gerao