Departamento de Medicina inaugura setor de imagens
07/02/2018 11:07
Eduardo Diniz

A área para exames servirá como continuação do ambulatório da Universidade, que atende e beneficia a população local

Representantes da Universidade na cerimônia de inauguração Foto: Fernanda Maia

O Departamento de Medicina da PUC-Rio conta agora com um setor de imagem no Ambulatório. No local, que faz parte do complexo de atendimento médico que atende a população do entorno da Universidade, serão realizados exames como raio-X e ultrassonografia. O Reitor, padre Josafá Carlos de Siqueira, S.J., esteve presente na inauguração, que ocorreu na terça-feira, 6, que também contou com a participação de médicos da unidade.

O diretor do Departamento de Medicina, professor Walmir Ferreira Coutinho, destacou que o setor de imagem será importante porque muitas doenças atendidas no centro médico precisam do apoio diagnóstico de exames de imagem. Coutinho também relembrou que muitas pessoas enxergam o local como uma saída ao SUS por ter uma facilidade maior para agendamento de consultas.

­— A ideia inicial é atender a população do entorno, em situação de baixa renda, mas o sucesso e a divulgação do ambulatório acabaram sendo tão grandes que hoje nós temos pacientes que vêm de muito longe para serem atendidos aqui. Temos pessoas que vêm de Niterói, da Baixada Fluminense, mas o objetivo principal é atender a população do entorno.

Reitor participa da cerimônia Foto:Fernanda Maia

O Reitor pontuou que, apesar do maior beneficiado do ambulatório ser a população local, a Universidade também é privilegiada, pois o convênio pode possibilitar uma relação maior entre o ambulatório e o atendimento no núcleo de Medicina.

— Um ponto de partida impressionante que eu acho que temos que avaliar sobre o ambulatório é de que maneira ele, aos poucos, presta um serviço acadêmico e ao mesmo tempo comunitário. Essa é a esperança que nós temos e desejamos sucesso nas novas imagens. E que as imagens sejam sempre positivas.

Mais Recentes
Quando a falta de informação cobra um preço
Pioneiro no tratamento contra o HIV, Brasil registra aumento de casos de infecção nos últimos 11 anos
Os benefícios da ergonomia no ambiente de trabalho
No Brasil, cerca de 3.5 milhões de trabalhadores sofrem com Lesões por Esforço Repetitivo (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT)
Perigo para os polegares
O uso excessivo de smartphones pode gerar danos aos músculos e nervos das mãos